Retomada!

 

Nos versos que me opõem,
Nas fontes que me secam,
Neste amargo sorriso,
No tintilar das taças sujas.
Vejo um novo velho sem proposito...
Tal qual o proposito do não ser,
Eis um ser de sentido morno,
Pois, assim na brandaria desses dias,
Vejo os sonhos e em sonhos dormias!

© L'(Max) Assunto Aleatório & Fabrica de Ideias. All Rights Reserved.

Estatisticas

Users
2
Articles
5
Articles View Hits
124
X

© Direitos

© L'(Max) Assunto Aleatório & Fabrica de Ideias. All Rights Reserved.